BLOG

Impressão digital para facilitar compras físicas

on setembro 21, 2017 Comentários desativados em Impressão digital para facilitar compras físicas

Cada vez mais temos facilidades tecnológicas que deixam a nossa vida mais e mais dinâmica. O Reino Unido, no caso, sempre se adiantou. Lojas, supermercados e grandes redes já possuem, por exemplo, o pagamento por self-checkout, ou seja, você passa suas compras, passa o cartão e paga sozinho.

Agora, o país anunciou uma outra inovação: agora, as pessoas poderão pagar pelas suas compras através da tecnologia da impressão digital. Segundo o G1, o novo projeto funciona através de um sistema infravermelho que escaneia as veias dos dedos e vincula o mapa biométrico às contas bancárias de cada cliente.

“O sistema de pagamento foi simplificado, já que os compradores poderão ir ao supermercado sem dinheiro ou sem cartões, e poderão pagar simplesmente utilizando suas mãos”

Ainda de acordo com a publicação, o sistema ainda deverá chegar em boates, academias, estádios de futebol e afins. Ou seja: em grandes espaços que recebem muitas pessoas, o que vai facilitar e deixar filas e afins cada vez mais rápidas.

Impressão Digital e as aplicações

Se pararmos para pensar, alguns temas que já utilizam impressão digital já facilitam a nossa vida, como smartphones. O mundo se encaminha, neste momento, para o que é mais prático, mais rápido e mais barato. Recentemente vimos uma pesquisa que falava que os aplicativos em breve devem sumir, pois darão lugar a apenas um hub. É o caso do WeChat, por exemplo, que já é absolutamente utilizado na Ásia. Este app permite que você vincule todas as suas informações, como de redes sociais, bancárias e afins, em apenas um lugar no seu telefone. Você ocupa menos espaço e faz tudo com mais praticidade.

Basicamente a impressão digital chega para acompanhar este tipo de criação. As biometrias serão capazes de deixar a nossa vida menos burocrática, para que tenhamos mais tempo para prazeres pessoais ou mesmo trabalho.

Fonte: G1

leia mais
Andressa NascimentoImpressão digital para facilitar compras físicas

O 5G está mais próximo do que você imagina

on setembro 18, 2017 Comentários desativados em O 5G está mais próximo do que você imagina

Ninguém se imagina, hoje em dia sem internet. Sejamos sinceros. Qualquer lapso, segundo, qualquer pensamento já nos voltamos imediatamente para o bom e velho Google ou para as redes sociais para as buscas. E dizemos mais: Atualmente, poucas pessoas se imaginam sem dispositivos móveis conectados. Se pensarmos, pouco tempo atrás ainda escutávamos o som do computador acessando à internet discada. Hoje em dia, já temos uma velocidade impressionante para um celular com o tal 4G. Acontece que, muito em breve, teremos mais evolução: O 5G está próximo!

Segundo o G1, os primeiros smartphones com conexão 5G estarão disponíveis no mercado a partir de 2019 pelo menos na Ásia e nos Estados Unidos – um ano antes das previsões.

5G e o aumento da demanda de internet

De acordo com a notícia, o aumento das demandas de consumidores está basicamente forçando o mercado a se antecipar – o prazo para a mudança era previsto, anteriormente, para 2020.

O que acontece é que com a rápida evolução tecnológica fica difícil se basear em previsões, porque elas podem mudar a cada minuto. Afinal, estamos em constante mudança em uma era de revolução digital, então nosso comportamento com relação à tecnologia também está mudando. Estamos cada vez mais conectados e dependentes de internet e smartphones, tablets e notebooks. Estamos cada vez mais livres e acumulando tarefas em um único device.

Muito provavelmente, quando o 5G chegar em nossas mãos já estaremos sedentos por 7G, 8G. Rapidez, fluidez, tudo isso será cada vez mais cobrado. Os dispositivos já serão outros, as aplicações também.

O mais importante, neste momento, é ficarmos preparados. É seguir com a evolução para aproveitar as melhores oportunidades.

Fonte: G1

leia mais
Andressa NascimentoO 5G está mais próximo do que você imagina

É preciso ser digital para apresentar o seu negócio de maneira digital

on setembro 14, 2017 Comentários desativados em É preciso ser digital para apresentar o seu negócio de maneira digital

Já escrevemos uma série de textos aqui no blog falando – e tentando te convencer – de que se a sua empresa não estiver na internet e nas redes sociais, ele praticamente não existe. No entanto, ainda não abordamos um tema muito importante: É preciso que você, dono do negócio, dê a sua cara para bater e apareça sim no ambiente digital. Não se engane: As pessoas pesquisam sobre a vida dos criadores das companhias e querem saber se os fundadores possuem os mesmos ideais, para se manterem fiéis à marca.

Boicote digital: Caso Uber x Trump

Tempos atrás comentamos sobre um caso muito polêmico que aconteceu nas redes sociais – mais especificamente no Twitter. Na ocasião, o presidente-executivo da Uber se posicionou a favor do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, na época candidato a presidência do país. Muitos internautas passaram a enviar tweets a respeito do assunto e promover a hashtag #BoycottUber por conta disso.

Em outra situação, o fundador e ex-CEO do Skype também foi hostilizado por ter anunciado financiamento para a campanha de Trump.

Seja digital, seja coerente

O que queremos dizer com essas duas histórias? Que é imprescindível estar na internet para que as pessoas vejam que você é real. No entanto, é importante se manter firme, porém evitar polêmicas e atos que podem custar a reputação do seu negócio. Entenda algo: Você, fundador, é a cara da sua empresa. E as pessoas vão cobrar isso de você se for incoerente com o que prega em sua marca.

Levante as bandeiras que o seu negócio for levantar. Mostre que você é a sua marca e a sua marca é você. Humanize a sua empresa e a torne real para as pessoas. É preciso mostrar verdade, é preciso acompanhar a evolução da internet. É preciso estar ali.

 

 

leia mais
Andressa NascimentoÉ preciso ser digital para apresentar o seu negócio de maneira digital

Os robôs que entram em nossas vidas na atualidade

on setembro 12, 2017 Comentários desativados em Os robôs que entram em nossas vidas na atualidade

Lembram que recentemente comentamos sobre a nova “Era Jetsons”, em que nos encontramos em um momento com muita tecnologia e máquinas que já substituem muitos trabalhos simples? Pois então. Recentemente a revista Nature divulgou relatório afirmando que uma equipe de cientistas conseguiu desenvolver robôs capazes de unir, dividir, consertar peças e afins sem perder funções sensoriais e motoras.

Robôs na vida real

A notícia, divulgada pelo G1, afirma que os robôs poderão servir para detectar, mover e suspender objetos, auxiliar em construções e afins.

Ou seja: Se tínhamos alguma dúvida que o futuro chegou, esta pode ser a resposta. Claro que muitas pessoas se preocupam, afinal ainda existe o mito do “o robô vai roubar o trabalho”.

Em partes, isso é verdade. Afinal, trabalhos basais e pesados são coisas que facilmente robôs farão no futuro – o que poderá ajudar, e muito, as pessoas. No entanto, como comentamos neste texto, é preciso acompanhar a evolução do mundo.

Novas profissões estão sendo criadas e é importante que olhemos para a frente, nos preparemos para as mudanças. Hoje não está igual como ontem, assim como amanhã será diferente de hoje. Tudo acontece rapidamente. Então, seja rápido também.

Fonte: G1

 

 

leia mais
Andressa NascimentoOs robôs que entram em nossas vidas na atualidade

Vida de Youtuber e de Instagramer: Profissões da internet

on setembro 6, 2017 Comentários desativados em Vida de Youtuber e de Instagramer: Profissões da internet

Não é novidade que, com as mudanças oriundas da evolução da tecnologia, muitas profissões fossem criadas e outras, no entanto, ficariam obsoletas. Já falamos sobre isso, inclusive neste texto aqui. No entanto, como será a vida de um YouTuber ou instagrammer?

Youtuber descontraído / vida séria

Recentemente o G1 divulgou uma matéria em que mostra o novo escritório da YouTuber Nah Cardoso. Na vida virtual ela comenta sobre lifestyle, maquiagens, rotinas do dia a dia e afins. Na vida real, no entanto, Natália afirma ser empresária e CEO da empresa Nah Cardoso.

No vídeo é possível ver o setor de seu escritório em que utiliza como estúdio para as filmagens, sua sala para reuniões e seu departamento descontraído com comidas e bebidas.

O que começou, anos atrás, como uma brincadeira de TV na internet, virou algo extremamente rentável e acessado pelas pessoas. Afinal, o que está na internet é democrático. Quem tem um celular e um wifi onde quer que seja pode acessar aos sites de streaming de vídeos e conferir qualquer conteúdo em qualquer momento do dia. Ponto para a internet sobre a TV.

Quero ser influencer

A coisa ficou tão séria, que acabou surgindo um surto de “quero ser blogger / youtuber // instagrammer” porque estas são as profissões do momento. Compartilha-se dicas, idéias e gostos em seu perfil e receba por isso. Parece o mundo ideal, certo?

No entanto, existe uma coisa que não muda e, pelo visto, não deve mudar: É importantíssimo ter uma criação de conteúdo boa, com temas relevantes e interessantes. Por que grandes nomes do YouTube, como a Nah Cardoso e Whindersson Nunes, por exemplo, fazem sucesso? Porque eles levam ao seu público coisas novas, frescas e divertidas, assuntos que prendem e cativam o espectador. Mesma lógica da TV, certo?

Por isso, é importante frisar que: nem todo mundo consegue seguir a profissão da internet. É difícil sim criar pautas para cada vídeo, pensar na edição, na periodicidade e em todas as parcerias que influencers são envolvidos. Afinal, o público quer ver coisas diferentes, não assuntos, por exemplo, do seu gosto / da sua rotina se você é anônimo. É preciso criar a afinidade com o seu público, estudar quem quer atingir e, o principal, sobre o que falar.

leia mais
Andressa NascimentoVida de Youtuber e de Instagramer: Profissões da internet

O 5G chegou e o mundo móvel ficou ainda mais forte

on setembro 4, 2017 Comentários desativados em O 5G chegou e o mundo móvel ficou ainda mais forte

Que as pessoas já utilizam mais o celular do que computadores e afins para acessar a internet, isso já sabemos. Especialmente para acesso de e-mails, redes sociais, whatsapp e afins. Por este motivo, a nossa internet móvel (que, se comparada ao mundo, não é das melhores) precisa ser fortalecida e se solidificar. Ainda que estejamos em passos de tartaruga, parece que um dia chegaremos lá, afinal na manhã da última quinta-feira (31), o primeiro transmissor e receptor 5G com tecnologia totalmente brasileira foi finalmente instalado.

Segundo o site Convergência Digital, “o equipamento foi desenvolvido pelo Instituto Nacional de Telecomunicações, de Minas Gerais, e promete velocidades altas, latência baixa e alcance longo, para ‘levar internet a qualquer lugar’.”

5G em todo lugar do país

A idéia, em verdade, é que haja internet, de fato, em todo lugar do país, mesmo nas áreas mais remotas. Isso faz com que paremos para pensar que, de fato, os dispositivos móveis devem prevalecer os computadores ainda mais e que mais e mais pessoas ficarão conectadas por um período de tempo maior, a partir de agora.

Assim como falamos recentemente, quando mundo muda, tudo muda. A evolução da tecnologia só faz com que fiquemos cada vez mais conectados e ligados em tudo que acontece ao nosso redor.

Uma pesquisa realizada pela FGV em meados de março deste ano, por exemplo, afirmou que o Brasil terá um smarphone por habitante até o final de 2017. Isso nos faz refletir muito sobre a relação das pessoas com a tecnologia, com a conexão e com as mudanças.

 

 

 

 

 

leia mais
Andressa NascimentoO 5G chegou e o mundo móvel ficou ainda mais forte

Tecnologia e ciência andam juntas

on agosto 31, 2017 Comentários desativados em Tecnologia e ciência andam juntas

Falamos recentemente sobre alguns casos em que tecnologia e ciência foram utilizadas, pelas pessoas, de uma forma ruim. No entanto, os pontos positivos são tão sobressalentes, que entendemos o quanto a evolução pode sim ajudar muitas pessoas. Nesta semana, por exemplo, foi divulgado que um jogo em realidade virtual poderá detectar Alzheimer em pacientes.

Segundo o Canaltech, uma equipe de cientistas criou o jogo, chamado Sea Hero Quest VR, justamente para detectar a doença em seus primeiros estágios. Ainda de acordo com a publicação, no jogo o usuário se torna um capitão de um barco em um ambiente de realidade virtual e é desafiado a usar seu senso de direção para determinar um curso, que conta com ilhas, oceanos, lagos e rios.

O game foi criado para smartphones e já possui pelo menos 3 milhões de usuários. A equipe que analisa os pacientes afirma que já conseguiu capturar 15 vezes mais dados com a versão de realidade virtual do jogo.

Tecnologia e Ciência

Há um bom tempo a tecnologia tem sido utilizada para aprimorar setores da medicina e melhorar a qualidade de vida de muitas pessoas. Vemos desde aplicativos para aferir pressão, até prontuários eletrônicos, sistemas online integrados com dados de gestão de cada hospital e afins.

A verdade é que com a tecnologia, em breve os riscos de pacientes serão bem menores e a mortalidade muito possivelmente diminuirá; Além de, claro, os tratamentos se tornarem mais eficazes e os diagnósticos mais rápidos.

Fonte: Canaltech

leia mais
Andressa NascimentoTecnologia e ciência andam juntas

Dispositivos móveis, internet e a geração overshare

on agosto 29, 2017 Comentários desativados em Dispositivos móveis, internet e a geração overshare

A gente sabe o quanto é gostoso ganhar um like, receber comentários legais em fotos e posts e ficar popular nas redes sociais. Isso, no entanto, para algumas pessoas acaba sendo quase que um vício. Estamos oficialmente na geração overshare, em que tudo é compartilhado com os amigos virtuais: comida, relacionamento, crescimento dos filhos e afins.

Um exemplo doido de overshare é o que foi relatado recentemente pelo G1: Quatro prisioneiros que estavam na ilha de Bali, na Indonésia, fugiram e, desde então, postam fotos em suas redes sociais para provocar os policiais à sua busca. Um deles, inclusive, publicou ironias em seu Facebook, descrevendo a si mesmo como “gângster conquistador” e “faz 50 dias [que estou foragido], querem me dar uma rodada de aplausos?”. Veja mais informações sobre este caso aqui. 

Em um mundo normal, nenhum foragido daria indicações de onde estaria o que estaria fazendo. No entanto, no mundo virtual em que nossa vida é palco, tudo virou “compartilhável”.

Overshare e a falta de preparo para a vida adulta

Uma pesquisa publicada também pelo G1 revelou que jovens que nasceram depois de 1995, ou seja, que já vieram na geração da internet, dispositivos móveis e afins, estão menos propensos a trabalhar, fazer sexo, sair e beber álcool. Em miúdos: Estão menos preparados para a vida. Um livro, inclusive, publicado por Jean Twenge, professora de psicologia da Universidade de San Diego, afirma que só nos Estados Unidos existem 11 milhões de jovens que se arriscam menos por se encontrarem em um ambiente “mais seguro”.

Os jovens da atualidade estariam pelo menos 6 horas diárias enviando mensagens, jogando jogos online, se comunicando através das redes sociais. O que é bom, porém pode afetar um pouco as habilidades sociais de cada um. Saiba mais sobre a “geração smartphone” aqui. 

O que pensamos sobre isso é o seguinte: Sabemos que a internet é algo extremamente novo e que veio para mudar as nossas vidas. No entanto, este é o momento e esta é a linha tênue entre: vamos ter sucesso com a tecnologia versus vamos dar muito errado e acabar no poço. É preciso ensinar as crianças e os adolescentes sobre o poder que a internet tem e como ela precisa ser otimizada para auxiliar, porém sem ficarmos totalmente dependente dela. Afinal, quem constrói coisas novas e quem muda o mundo, de verdade, é o homem, não é mesmo?

 

leia mais
Andressa NascimentoDispositivos móveis, internet e a geração overshare

Imortais através da tecnologia

on agosto 28, 2017 Comentários desativados em Imortais através da tecnologia

Sempre comentamos aqui que a tecnologia tem mudado – e muito – as nossas vidas. Já possuímos aplicativos para carros, para nos auxiliar em compras de casa, automação, para nos auxiliar na saúde e afins. No entanto, até quanto a tecnologia pode interferir em nossos processos de nascer > crescer > morrer.

Uma nota divulgada pelo G1 afirma que uma empresa planeja combinar os passos online de internautas, como posts, pensamentos, fotos e vídeos, e com inteligência artificial criar uma versão digital de cada pessoa. Uma espécie de avatar. Esse representante digital poderia, em tese, interagir com seus entes queridos depois da sua morte.

“Seu fantasma digital poderia logar no Facebook e entrar em uma discussão animada sobre o seriado Friends, ou fazer postagens no Instagram lembrando daquela viagem de carro pela Itália que você fez com um(a) ex”

E se fôssemos imortais?

A pergunta é: Como nós lidaríamos e passaríamos o luto sem se desligar do ente querido em caso de morte? Afinal, o processo é importante e a psicologia prevê que é preciso que enfrentemos todas as fases da separação para encontrar a superação.

Seria essa uma maneira de nos tornarmos imortais? Quais seriam os riscos que teríamos?

Porque falando em benefícios, sabemos que manteremos a pessoa querida ali para sempre. Poderemos ouvir a voz, ler seus textos e ver suas imagens.

Em verdade, é preciso ver para crer. Entender como a inteligência artificial vai intervir e interferir em nossas vidas de maneira produtiva e positiva.

Fonte: G1

leia mais
Andressa NascimentoImortais através da tecnologia

E-Commerce: O seu negócio precisa ir para a internet

on agosto 25, 2017 Comentários desativados em E-Commerce: O seu negócio precisa ir para a internet

Nesta semana a Ebit apresentou uma pesquisa que deixa muito claro que a internet chegou para ficar em todos os aspectos, inclusive no seu negócio. Segundo o estudo, o e-commerce faturou pelo menos R$ 21 bilhões no primeiro semestre de 2017, o que representa um crescimento de 7,5% em comparação ao mesmo período no ano passado.

Segundo o Meio & Mensagem, um dos principais motivos deste crescimento ter acontecido foi a queda dos preços dos produtos comercializados na internet. Ainda de acordo com a publicação, houve pelo menos 5,38% de deflação nos últimos doze meses.

As pessoas acreditam no E-commerce

Claro que o fato de a economia ter melhorado impacta bastante no aumento dos pedidos online. No entanto, vale lembrar que pouco tempo atrás as pessoas não confiavam na internet. Até porque houve (ainda há) muitos casos de extorsão, estelionato, e fraudes. Mas a verdade é que as pessoas já se sentem mais seguras de colocar seus dados em um computador e realizar compras.

Este cenário é perfeito para quem pretende criar o seu negócio online, porque é possível, junto a estratégias de e-mail marketing e redes sociais, chegar mais próximo do seu futuro cliente.

Credibilidade posta à prova

Por este motivo sempre batemos na tecla de que é importante ter um trabalho sério com redes sociais; Assim, o seu conteúdo se dissipa e os consumidores passam a acreditar em você, se sentindo confortáveis para comprar em seu site.

Então, a dica que nós damos é: Transparência. Essa é a palavra de ordem para que haja identificação de público e você possa, sim, converter vendas e prosperar na internet.

Fonte: Meio & Mensagem

leia mais
Andressa NascimentoE-Commerce: O seu negócio precisa ir para a internet